O Pequeno-Almoço do Filho Único

Créditos fotográficos: Spatium Fotografia


Vou-vos contar um segredo!


Às vezes, tenho saudades do Miguel! De ter todo o tempo para ele. De me poder dedicar só a ele. De estarmos só os dois...
Já não me lembro do que é ter só um Filho. Nem gostava de ter só um Filho! Mas, ter dois Filhos é viver sempre na arte da divisão da atenção, do colo, do mimo. Continuo a achar que eles saem a ganhar, pela relação que têm um com o outro, pela amizade que têm para a vida (ou, pelo menos, é esse o meu desejo e é para isso que procuro orientá-los).

Mas, se eu tenho saudades, acredito que o Miguel também tenha! Mesmo que ele próprio já não se lembre de ser Filho único... Mesmo que nunca diga que quer fazer coisas sem o Irmão. Aliás, é o primeiro a perguntar por ele, se, por algum motivo, vamos a algum lado sem ele. Ele é super compreensivo e adora ajudar o irmão em tudo, mas acho que, nem sempre o deixo ser pequenino! Porque, apesar de ter apenas 4 anos (quase 5, é certo!), ele é que é o crescido, o irmão mais velho...

Na adaptação do Rodrigo à escola, o Miguel foi uma ajuda muito importante. Foi a partir do momento que começou a ir comigo deixar o Irmão à sala dele, que o Rodrigo começou a adaptar-se melhor. E ele adora levar o Irmão 😍.

Há dias, depois de deixarmos o Rodrigo, perguntei ao Miguel se ele queria ir tomar o pequeno-almoço comigo, ao café. Ele adorou a ideia! E, desde aí, que de vez em quando repetimos a nossa escapadinha. São 20 minutos, em que somos só os dois, sem a preocupação de ver o que anda o Rodrigo a fazer, sem o risco de ele acordar da sesta. Só mesmo nós! E sabe tão bem 😍.




Se quiserem estar sempre a par de todas as dicas, sugestões e novidades, sigam a página de FacebookInstagram e subscrevam a newsletter do Blog. Se gostaram do texto, partilhem com os vossos amigos 😍...


Comentários

Posts mais lidos